06.08.2015 – Tudo pronto para inauguração do Cisp

O prefeito Rodrigo Neves acompanhou ontem o coronel Alberto Pinheiro Neto em visita ao Cisp, em Piratininga
O prefeito Rodrigo Neves acompanhou ontem o coronel Alberto Pinheiro Neto em visita ao Cisp, em Piratininga

Comandante-geral da PM visitou o Centro Integrado de Segurança Pública, que começa a operar segunda-feira em Niterói

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, e o comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Alberto Pinheiro Neto, visitaram na manhã de ontem o Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública), que será inaugurado na próxima segunda-feira, em Piratininga, na Região Oceânica de Niterói.

Participaram também do encontro o comandante do 4º CPA (Comando de Policiamento de Área), coronel Danilo Nascimento, o chefe do Estado Maior da PM, coronel Lima Freire, o comandante do 12º BPM, coronel Fernando Salema, do 7º Batalhão (São Gonçalo), tenente-coronel Almyr Cabral, do 25º BPM (Região dos Lagos), coronel Ruy França e do 35º BPM (Itaboraí), coronel Samir Vaz, além do subsecretário de Ordem Pública, Ademir Bastos.

Rodrigo Neves destacou que, apesar da segurança pública ser uma atribuição constitucional dos governos estaduais, a Prefeitura tem cooperado muito com essa área.
“Nos últimos dois anos, nós temos cobrado mais efetivos e ações das forças de segurança. Apesar da atribuição constitucional da segurança ser dos governos estaduais, a Prefeitura tem cooperado muito com investimentos superiores a R$ 30 milhões com companhias destacadas, Delegacia de Homicídios e a reabertura de cabines.

Recebemos a visita do comando geral da Polícia Militar porque, a partir de segunda-feira, as operações da PM, NitTrans, Guarda Municipal e polícias Civil e Federal estarão integradas com o Cisp”, explicou.

O prefeito afirmou que o Cisp mudará o paradigma da gestão do território da cidade.

“O Cisp vai oferecer um painel de controle preciso das ações de trânsito, conservação e sobretudo da segurança pública. Tenho certeza que será muito útil e vai melhorar a performance das ações das forças de segurança na cidade. Acredito que, mais que um sistema de monitoramento, o Cisp será uma ferramenta estratégica de integração das forças públicas de segurança para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos”, opinou.

O coronel Pinheiro Neto afirmou que o Cisp trará mais agilidade no atendimento à população. “A infraestrutura e a tecnologia que serão utilizadas pelo Cisp permitirá uma integração maior das forças de segurança. Este protocolo de integração possibilitará um atendimento mais ágil às demandas da população”, declarou.

O sistema do Cisp – O Cisp contará com 600 câmeras que serão instaladas gradativamente na cidade até 2016, com monitoramento 24 horas. A tecnologia de última geração inclui ainda os 80 botões de alerta instalados em escolas, estação das barcas, universidades e outros pontos considerados estratégicos para a tomada de ações rápidas entre as forças de segurança da cidade.

Do total de câmeras, 50 terão alcance de 360 graus e outras 50 serão analógicas e inteligentes, identificando placas de veículos que entrarem ou circularem pela cidade, através dos cinco portais, também colocados em pontos de interesse para a segurança pública da cidade.

Carros da Polícia Militar e Guarda Municipal passarão a ter rastreadores com equipamentos georreferenciados com o objetivo de chegarem mais rápido aos locais de ocorrências. Através das câmeras, ocorrências em andamento, ou mesmo alguma suspeita de delitos, serão captadas de imediato emitindo o sinal para o veículo que estiver mais próximo.
Guardas-municipais que irão operar o Cisp estão sendo treinados pela empresa El Corte Inglês, vencedora da licitação para instalação do sistema de câmeras do Centro.

Fonte: Site do Jornal O Fluminense

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *